sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Como conseguir mais trafego no seu site ou blogger.

Conheça o Ciclo do Fracasso da Geração de Tráfego
Você transpira dias, horas, minutos e segundos de sua vida escrevendo AQUELE artigo que deveria, no mínimo, concorrer a um prêmio.
Você clica no botão publicar e fixa sua atenção nas milhares de visitas que cairão no seu site, aguardando o aclamado sucesso.
Porém, o que realmente acontece? Sua mãe lê seu artigo e dá um tapinha em suas costas, dizendo: “parabéns filho!”. E nada mais…
Artigos preciosos como o seu perdem-se e vagam em direção ao abismo dia após dia na internet.
Por que isso acontece?
Simples, você não segue os 7 passos necessários para atrair milhares de visitas para o seu novo artigo, e sem gastar um único tostão com anúncios.
Ao longo desse artigo mostrarei exatamente como eu consegui os seguinte números:
  • #1 no ranking do google para o termo “planilhas financeiras”, extremamente competitivo, ultrapassando sites como o Sebrae e o Baixaki.
  • 100.828 pageviews para esse único artigo em menos de 2 anos e mais de 5.000 pageviews todo mês.
  • 6,89% de todas as pageviews do site inteiro para esse único artigo. E estamos falando de praticamente 1.500.000 pageviews.
Os números são interessantes? Continue lendo o artigo e descubra todas as 7 técnicas para gerar mais tráfego que utilizei em meu site para alcançar os números acima!

PASSO #1. COMO IDENTIFICAR OPORTUNIDADES DE GERAR TRÁFEGO ATRAVÉS DO GOOGLE ADWORDS KEYWORD TOOL

google-adwords-keyword-tool
(Todas as imagens desse artigo são grandes e com muitos detalhes, portanto, lembre-se de clicar nelas para não deixar escapar nenhuma informação)
Ferramenta básica de qualquer autor/editor de conteúdo, o Google Adwords Keyword Tool é essencial para:
  1. Sabermos se existe uma boa audiência para o termo que estamos escrevendo sobre. (no caso, planilhas financeiras)
  2. Identificarmos termos relacionados com o termo principal. (ex: planilhas financeiras excel)
  3. Analisarmos a competitividade desse termo. (no caso, perceba como ela é alta para o termo exato – [planilhas financeiras])
Esses 3 itens irão dizer a você se focar nesse termo vale a pena, do ponto de vista do tráfego.
Conforme você pode ver na imagem, o termo exato [planilhas financeiras] é procurado 1.600 vezes mensalmente.
Já o termo amplo (broad) é procurado 27.100 vezes por mês.
Ok. Tenho os números anotados, agora como posso estimar quantas visitas receberei se o meu artigo rankear na posição #1?
Segundo um estudo realizado pela Slingshot e publicado aqui pelo SEOMoz, o primeiro resultado nas buscas tende a receber 18,2% de todo o tráfego. Veja a distribuição de cliques na imagem abaixo:
ctr-google
Com esses números você chega facilmente ao número de visitas que seu site pode receber para o termo “planilhas financeiras” se estiver rankeado na posição #1.
4.932 visitas! (27.100 x 18,2%)
Coincidência ou não, o meu artigo que está na posição #1 para esse termo recebe em torno de 5.000 visitas mensais. (mais detalhes ao longo do artigo)

O RANKING #1: RECOMPENSA DE UM TRABALHO SUADO

market-samurai-ranking
Essa é uma imagem do software Market Samurai (link afiliado) que também utilizo para fazer todo esse processo de pesquisar termos, analisar a concorrência e identificar oportunidades para escrever artigos.
Gosto desse software para acompanhar semanalmente a posição no Google e no Bing dos termos mais importantes para mim.
Destaquei acima todos os termos relacionados a página hcinvestimentos/planilhas-financeiras.
Perceba que estou em #1 no Google para os termos “planilha de investimentos“, “planilha financeira excel” e “planilhas financeiras“.
Até para minha surpresa, meu artigo está em #7 para o termo “planilha“. Se cuida Microsoft! :)
Se você nunca teve ideia de como seu conteúdo está rankeando no Google, sugiro dar uma olhada nesse software.
Você pode testar gratuitamente o Market Samurai através desse link (link afiliado) e descobrir exatamente quais são os artigos que você precisa melhorar e quais deverão ser seus próximos artigos.
5.000 visitas mensais para um único artigo é um número bem impressionante, dado que muitos blogs/sites nem mesmo conseguem esse número considerando todo o tráfego do site.
Sabendo dessa ótima procura pelo termo, precisamos analisar a concorrência para buscarmos meios de nos destacar perante à ela.

PASSO #2. “ESPIONANDO” A CONCORRÊNCIA: O AGENTE SECRETO EM BUSCA DE PISTAS PARA GERAR MAIS TRÁFEGO

anonymous-search
Essa é uma imagem atual, mostrando o meu artigo no topo do google. (o link acima do meu não conta por ser patrocinado)
A ordem das páginas pode aparecer diferente para cada um devido a personalização do google. Porém, essa imagem foi tirada utilizando a navegação anônima (retirando meus dados pessoais) do meu browser.
Como não tenho uma imagem da época que fiz toda essa pesquisa, mostro para vocês alguns fortes fatores que destacam a minha página dos demais resultados:
  1. Título: Possuir o termo “planilhas financeiras” no título é fundamental para ser encontrado mais facilmente.
  2. Meta Description: O texto customizável abaixo do link também contém o termo e chama a atenção do leitor, mostrando que existem mais de 20 planilhas financeiras esperando para serem baixadas gratuitamente.
  3. Imagem do Autor: O meu rosto ao lado do artigo ajuda na conversão dos cliques, já que se destaca dos demais resultados sem imagem.
  4. URL: Em verde, ela aparece como: hcinvestimentos.com/planilhas-financeiras. Exact Match, o que ajuda na identificação do termo.
  5. Social Proof. Perceba como estou em 2.506 círculos no Google+, enquanto o Everton está em 570 e o André em 20 (autores com imagem). O maior número passa maior credibilidade para o leitor.
Esses são, portanto, os 5 principais elementos que você já pode analisar de cara ao fazer a pesquisa pelo seu termo desejado.
Feita essa rápida análise, você precisa clicar nos resultados de melhor ranking para entender como o conteúdo deles foi apresentado.

O meu artigo sobre Planilhas Financeiras

pagina-planilhas-financeiras
O título “Planilhas Financeiras Gratuitas” relembra o usuário que clicou no meu artigo sobre o que ele veio procurar: Planilhas Financeiras.
Logo abaixo do título, o usuário já percebe que esse é um artigo bem compartilhado, com 383 compartilhamentos no total. (social proof)
O subtítulo “Planilhas Financeiras HC Investimentos” mostra novamente o termo.
Ao cair nessa página, o leitor já pode imediatamente baixar o pacotão de planilhas, com mais de 20 planilhas ou pode continuar rolando a página para baixo e escolher a planilha de sua preferência.
O resto da página consiste em replicar o formato na imagem acima após “Planejamento Financeiro”, com os Bullets Points:
  • Sobre o que é a planilha.
  • Três pontos fortes da planilha em bullet points.
  • Imagem, links de download e link para o artigo relacionado a planilha, se existir.
Lembre-se que estamos batalhando por praticamente 5.000 visitas mensais. Apesar de já suarmos um pouco para realizar toda essa pesquisa inicial, precisamos nos entregar MUITO mais.

PASSO #3. A ARTE DA ATENÇÃO: COMO ESCREVER TÍTULOS MELHORES

Alguns dos melhores copywritters alegam que você deveria gastar 50% do tempo dedicado a um artigo pensando no seu título.
Apesar de soar um exagero, acredito que você deve se preocupar bastante com o título do seu artigo. Digo isso porque é o primeiro contato que alguém terá com o seu artigo.
Capturar a atenção desse potencial leitor é seu trabalho. Faça isso ou tudo estará perdido.
Na média, 8 de 10 pessoas lerão o seu título, mas apenas 2 de 10 lerão o resto do artigo.
Sabendo desses números, você precisa escrever títulos melhores. Abaixo compartilho uma técnica que utilizo (aprendida no site Copyblogger):

Conheça os 4Us:

  1. Be USEFUL to the reader,
  2. Provide him with a sense of URGENCY,
  3. Convey the idea that the main benefit is somehow UNIQUE; and
  4. Do all of the above in an ULTRA-SPECIFIC way.
Traduzindo:
  1. Seja ÚTIL para o leitor,
  2. Crie um senso de URGÊNCIA,
  3. Transmita a ideia de que o principal benefício é algo ÚNICO, e
  4. Faça tudo acima de forma ULTRA-ESPECÍFICA.

Veja como exemplo o título desse artigo:

7 Simples Passos para Você Gerar Mais Tráfego para seu Site (Garantido!)
Vamos analisar esse título por partes:
  • 7. Todo mundo adora listas e sete é um número místico para muitas pessoas.
  • Simples Passos. Você não quer dificultar a vida do seu leitor. Mostre que o aprendizado é simples e organizado em passos.
  • para Você. “Você” é uma palavra forte. É como se eu estivesse falando diretamente e unicamente com você, mas sabemos que esse artigo é direcionado para todos os leitores do Viver de Blog. :)
  • Gerar Mais Tráfego para seu Site. É Importante deixar o benefício claro, assim como a sua palavra-chave no título. Gerar mais tráfego é o principal assunto desse artigo.
  • (Garantido!). Com cautela, esses alertas podem funcionar muito bem. Nesse caso, cria um senso de urgência e um benefício imediato para o leitor.
Lembre-se: Todas as palavras utilizadas no título devem ter algum objetivo. Experimente dividir seus títulos e analise se as palavras utilizadas são fortes, proporcionam benefícios e induzem o leitor a clicar no seu artigo.

Templates de Títulos

Às vezes, nossa inspiração simplesmente nos abandona sem nem dizer adeus.
Nesse momento é que você precisa de um template de títulos que funcione muito bem.
No caso de você não possuir um, vou compartilhar alguns títulos matadores que você pode adaptar para seus artigos:
  • 5 Sinais de que [assunto]
5 sinais de que o seu site tende ao fracasso

  • A surpreendente verdade que nunca contaram a você sobre [assunto]
A surpreendente verdade que nunca contaram a você sobre anúncios no facebook

  • 3 Fatores Pouco Conhecidos que Podem Afetar Seu [assunto]
3 Fatores Pouco Conhecidos que Podem Afetar Seu Rankeamento no Google

  • O que [pessoa influente] pode nos ensinar sobre [assunto]
O que Mark Zuckerberg pode nos ensinar sobre Marketing no Facebook

  • 5 erros sobre [assunto] que fazem você parecer um idiota
5 erros sobre geração de tráfego que fazem você parecer um idiota

  • Como [assunto] – O Guia Absolutamente Completo
Como Investir em Ouro – O Guia Absolutamente Completo

Espero que esses templates possam ajudar você a escrever títulos ainda melhores.
Crie textos “hipnotizantes”, impossíveis de serem ignorados. Conheça as 19 simples regras “infalíveis” para o sucesso na arte de escrever bem.
Está gostando desse artigo?
Cadastre seu email no campo abaixo para ser o primeiro a receber novas atualizações do site.

FIQUE ATUALIZADO!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

PASSO #4. SEO: REGRAS BÁSICAS PARA DOMINAR A PRIMEIRA PÁGINA DO GOOGLE

SEO (Search Engine Optimization) ou Otimização para Mecanismos de Busca é o conjunto de estratégias com o objetivo de potencializar e melhorar o posicionamento de um site nas páginas de resultados naturais (orgânicos) nos sites de busca.
Você lembra como o meu artigo sobre planilhas financeiras aparecia na busca do google? Segue a imagem e os comentários novamente.
anonymous-search
Essa é uma imagem atual, mostrando o meu artigo no topo do google. (o link acima não conta por ser patrocinado)
Os dados podem aparecer diferentes para cada um, mas essa imagem foi tirada utilizando a navegação anônima (tirando meus dados pessoais) do meu browser.
Como não tenho uma imagem da época que fiz toda essa pesquisa, mostro para vocês alguns fatores fortes que a destacam dos demais resultados:
  1. Título: Ter o termo “planilhas financeiras” no título é fundamental para ser encontrado mais facilmente.
  2. Meta-Description: O texto customizável abaixo do link também contém o termo e chama o leitor, mostrando que existem mais de 20 planilhas financeiras esperando para serem baixadas gratuitamente.
  3. Imagem do Autor: Ajuda na conversão dos cliques, já que se destaca dos demais resultados sem imagem.
  4. URL: Em verde, ela aparece como: hcinvestimentos.com/planilhas-financeiras. Exact Match, o que ajuda um pouco.
  5. Social Proof. Veja como eu estou em 2.506 círculos no Google+, enquanto o Everton está em 570 e o André em 20. Passa mais credibilidade da minha pessoa como autor.
Todos esses 5 fatores citados acima são facilmente configuráveis através de um simples, mas poderoso plugin para wordpress.

WordPress SEO by Yoast

Você pode baixar esse poderoso plugin gratuitamente aqui.
Não entrarei agora nos detalhes de como configurá-lo, até porque por padrão a configuração já é muito boa.
O importante sobre o plugin para esse artigo é o foco na palavra-chave, customização do título e a Meta Description.
Yoast-SEO-general
O plugin mostra logo acima uma pré-visualização de como o seu artigo irá aparecer no google. A palavra-chave é sempre enfatizada em negrito, tanto no título, como na URL e na Meta Description.
Além disso, o plugin ainda mostra se a palavra-chave aparece nos locais adequados, como cabeçalhos (headings) do tipo H2, H3, H4, título, URL, conteúdo e na meta description.
Esses cabeçalhos (headings) são importantes pois são considerados sub-títulos dentro do seu artigo, como uma divisão de um assunto para outro.
Nesse artigo sobre planilhas financeiras todos os requisitos estão preenchidos.
E ainda há mais informação para analisar…
Yoast-SEO-page-analysis
Na aba “Page Analysis“, o plugin mostra diversas dicas de como melhorar o SEO desse artigo para o termo “planilhas financeiras“.
Apenas 3 itens não estão dentro do padrão, mas perceba que nenhum deles é preocupante.
O primeiro em vermelho indica que a linguagem do artigo é difícil de entender, mas esse recurso não funciona muito bem em português, apenas em inglês. Ignorado!
Na bola laranja, o plugin diz que a densidade do termo é baixa, de 0,38%. Isso significa que de todas as palavras do artigo, a palavra-chave só aparece 4 vezes, ou 0,38% do total. É um ponto importante, mas como vimos lá no início eu consegui rankear esse artigo também para outros termos, não precisando focar somente em “planilhas financeiras“.
Por último, na bola amarela, ele nos diz que o título só tem 39 caracteres, quando o recomendado é 40.
O WordPress SEO by Yoast é, na minha opinião, o melhor plugin para SEO disponível. E para nossa felicidade é de graça. Para baixá-lo, visite esse link.

Links Internos e Externos: Provas de que seu conteúdo vale a pena ser lido

Links Internos são mais fáceis de criar, já que você possui total controle para onde você direciona seus links dentro do seu próprio site.
Esse artigo sobre planilhas financeiras, por exemplo, fica disponível no menu do site, facilitando o acesso para todos leitores.
Além disso, todo artigo que possui uma planilha para download também possui um link para a “central de downloads” dessas planilhas, que é a página hcinvestimentos.com/planilhas-financeiras.
Links Externos são difíceis de conseguir e cada vez mais raros hoje em dia, já que é muito mais fácil curtir, compartilhar ou tweetar um artigo do que linkar para ele dentro do seu site.
Veja abaixo os links externos para a página Planilhas Financeiras.
ahrefs-planilhas-financeiras
Através de uma conta gratuita no site ahrefs você consegue analisar os backlinks de qualquer URL. (dica que aprendi no ótimo manual do meu amigo Bruno Picinini)
Como disse, links externos são mais difíceis de conseguir, mas você ainda pode ter um pouco de controle sobre eles.
Explicarei melhor essa estratégia na parte #7 sobre como divulgar seu artigo.

PASSO #5. NÃO ESCREVA ARTIGOS DE MERDA. SÓ ESCREVA ARTIGOS F-O-D-A-S, MEMORÁVEIS!

Outra razão pela qual muitos artigos não recebem muitas visitas é que o conteúdo deles é batido, simples demais, muito igual a qualquer blog.
Através de um estudo que vi no blog Quick Sprout, foi comprovado que a maioria dos artigos que estão na primeira página do google tem mais de 2.000 palavras, vide imagem abaixo.
Como o tamanho do conteúdo de um artigo afeta o ranking
  • Qual foi o último artigo que você escreveu mais de 2.000 palavras?
  • Qual foi a última vez que alguém elogiou o seu trabalho?
  • Ou qual foi a última vez que alguém escreveu para você dizendo que seu artigo praticamente mudou a vida de uma pessoa?
Reflita sobre isso. Você tem um dever a cumprir hoje mesmo. :)

Como Escrever Artigos F-O-D-A-S

Desculpe o termo, mas para um artigo ser memorável, ele deve ser FODA!
A pessoa que ler seu artigo deve valorizar o tempo que você reservou da sua vida para pesquisar, escrever, revisar e publicar o conteúdo.
Nenhuma ideia FODA nasce do nada. Por isso, “brainstorme” suas ideias!
Clique aqui para tweetar esse pensamento.
Nada melhor do que um software de mapa mental para dar luz as suas ideias.
Veja, por exemplo, o mapa mental que fiz para organizar todas as ideias para esse artigo:
mind-map-mais-trafego
Um bom brainstorm é aquele que novas ideias são geradas a partir de ideias antigas, melhorando a qualidade do que você deseja entregar.
Portanto, tenha em mente que para chegar a esse estágio final, muitas mudanças devem e serão realizadas.
Não se prenda a uma modelo fixo, deixe suas ideias fluir e quando tiver decidido pelas ideias que valem a pena, finalize seu mapa mental.
Uma dica para organizar artigos é pensar que cada ramificação é um subtópico de um tópico maior.
Por exemplo: Note que o passo #7 sobre analisar os resultados da busca pela palavra-chave eu dividi desta maneira:
#7 Divulgar Artigo -> Redes Sociais -> Twitter -> Saved Search -> Exemplo
Significa que no passo #7 sobre como divulgar seu artigo eu cito as redes sociais, dentre elas o twitter, exemplificando com detalhes as buscas salvas para conseguir mais tráfego.
Através desse método, você consegue organizar toda a estrutura do artigo de uma só vez, sendo muito mais eficaz do que simplesmente começar a escrever do zero.

Como não deixar o seu leitor cair no sono lendo seu artigo

O seu artigo pode ser a 8ª maravilha do mundo. Porém, se ele não estiver visualmente bem estruturado, seu leitor irá cansar no meio de leitura e dirá ADEUS.
Existem algumas regras básicas para você quebrar o conteúdo do seu artigo, tornando a leitura mais agradável e num ritmo adequado.
Veja abaixo algumas imagens cedidas pelo designer Rafal Tomal para ilustrar essas quebras de conteúdo:
1. Parágrafos e Quebra de Linha
improving-typography
Se tem uma coisa que me deixa P… da vida é receber um email sem parágrafo. Aquele texto com 15 linhas sem um único parágrafo. Sério, parece que a pessoa fez isso só pra ferrar com a minha vida.
Você não quer deixar o seu leitor na mesma situação. Portanto, ao escrever para seus leitores, lembre-se:
  • Procure não usar parágrafos com mais de 5 linhas
  • Use um tamanho de fonte razoavelmente grande para evitar a fadiga da leitura
  • Deixe um bom espaço entre uma linha e outra

2. Contraste: Você precisa dele!
improved-contrast
Você percebe como é mais difícil ler o quadro da direita?
Isso ocorre porque o contraste é pequeno (cinza com cinza), enquanto o contraste da imagem da esquerda (branco com preto) é maior.
É um conceito simples, mas serve para alertar aqueles blogs que adoram brincar de giz de cera e colorir o fundo de azul, verde, vermelho e outras cores chamativas.
Quem deve chamar atenção é o seu conteúdo. Portanto, é preferível utilizar um fundo claro (branco ou cinza bem claro) com uma fonte mais escura (preto ou cinza escuro).

3. Quebra de Conteúdo, Subtítulos e Espaçamentos
more-line-breaks
É simples: Utilize os subtítulos – cabeçalhos (headings – H2 – H3 – H4) para quebrar o conteúdo do seu artigo e facilitar a leitura.
Esse artigo que você está lendo agora possui diversas quebras na leitura, com o auxílio de imagens e os subtítulos. Aliás, agora mesmo iremos para uma quebra de texto. :)

PASSO #6. ANALISE OS RESULTADOS NO GOOGLE ANALYTICS

Até o momento nós já vimos como:
  1. Saber se uma palavra-chave possui uma boa demanda e poderá gerar mais tráfego para seu site
  2. Analisar a concorrência e se diferenciar dela
  3. Escrever títulos melhores
  4. Otimizar seu artigo para rankear melhor nos resultados de busca (SEO)
  5. Escrever artigos memoráveis, com mais de 2.000 palavras
Agora, no passo #6 você precisa analisar quais são os artigos mais visitados do seu site.
O objetivo desse passo é você descobrir velhos artigos, mas com excelente potencial.
Novamente, vou citar o caso do artigo sobre “planilhas financeiras”.
Abaixo, você pode ver os resultados dessa página no período de Jun/2011 até Mar/2013.
google-analytics-2anos
Principais pontos para notar:
  • Somente essa página trouxe mais de 100.000 pageviews em menos de 2 anos.
  • Esse tráfego equivale a quase 7% de todo o site, que possui em torno de 1.500.000 pageviews.
  • Após adotar a estratégia, o número de pageviews mensal saltou de 500 para o pico próximo de10.000.
Porém, nem sempre os resultados foram um sucesso.
Após analisar o potencial dessa palavra-chave e descobrir que ela poderia gerar em torno de 5.000 visitas por mês e eu recebia apenas 500, eu decidi que era o momento de me mexer.
Segui todos os pontos que estou compartilhando aqui no artigo e o resultado foi gradativamente melhorando.
Veja os dados somente no mês de março/2013:
google-analytics-mes
O seu dever de casa nesse passo #6 é o seguinte:
  1. Veja quais são os seus artigos mais visitados através do seu Google Analytics
  2. Identifique quais são as principais palavras-chaves que você deseja rankear nesses artigos
  3. Verifique qual é o potencial de demanda desses termos
  4. Caso o potencial seja muito maior do que as visitas que você recebe, você precisa melhorar esse artigo, seguindo o passo-a-passo descrito aqui no artigo
  5. Caso as visitas já estejam batendo com o potencial dessa palavra-chave, vá para o próximo artigo mais visitado e repita o processo

7. O MARKETING É A ALMA DO NEGÓCIO: SAIBA COMO DIVULGAR EFETIVAMENTE O SEU ARTIGO

Escrever o artigo é apenas uma parte de todo o processo de gerar mais tráfego para seu site.
Você também deve se empenhar bastante em divulgar seu artigo para conseguir mais tráfego.
Essa é a parte que vejo muitos blogueiros falharem. Eles se matam para escrever um ótimo artigo, mas não se preocupam em divulgá-lo.
Compartilho abaixo algumas dicas para divulgar seu artigo de forma efetiva:

Redes Sociais

É básico. Você precisa de uma presença nas redes sociais e quando publicar um novo artigo deve divulgar nessas redes.
Portanto, não esqueça de divulgar no facebook, twitter e google plus.
Para não ficar apenas no bê-a-bá vou compartilhar uma dica para atrair visitas no twitter.

Utilizando a busca do Twitter para gerar mais tráfego

Você sabia que pode “seguir” certos termos no twitter?
Quando você pesquisa sobre uma palavra-chave ou hashtag no twitter ele mostra todas as atualizações de usuários que utilizaram aquele termo.
Para divulgar o artigo sobre planilhas financeiras eu digitei essa palavra-chave no campo de busca e salvei essa pesquisa.
twitter-save-search
Após esse passo, você pode consultar todas as suas pesquisas salvas a qualquer momento e verificar o que estão comentando sobre ela.
twitter-saved-search
Ao clicar em planilhas financeiras os seguintes resultados aparecem:
twitter-planilhas-financeiras
O que você pode fazer para gerar mais tráfego para seu site através do twitter é deixar um texto pronto com o link para seu artigo e enviar para todas as pessoas interessadas nesse termo. Exemplo:
Oi [nome da pessoa], você pode baixar mais de 20 planilhas financeiras grátis nesse artigo que escrevi => [link]
Estratégia simples, mas me trouxe bons cliques no início, além de novos followers.
Entretanto, muito cuidado com seu texto. Lembre-se de que você não conhece essas pessoas e pode parecer estranho chegar do nada.
Por esse motivo, não seja muito agressivo na promoção do seu artigo. Apenas tente ajudar pessoas que estão com alguma dificuldade em relação a sua palavra-chave.

Sites Relacionados ao seu Artigo

Outra opção para você divulgar seu artigo é tentar entrar em contato com sites que possam se beneficiar do seu artigo.
O seu artigo pode ser um complemento para o conteúdo já escrito em outros sites, por exemplo.
Na época que divulguei o artigo, procurei sites especializados em planilhas e divulguei meu artigo lá.

Fóruns

Encontre fóruns relacionados ao seu artigo e participe um pouco da comunidade e mostre como seu artigo pode ser útil para ela.
No meu caso, divulguei o artigo tanto em fóruns de investimentos como fóruns de planilhas.

Analise os backlinks da concorrência

Se você não tem ideia de lugares para divulgar seu artigo, analise a concorrência.
Através do ahrefs, já citado nesse artigo, você pode ver exatamente quais são os sites que mais linkam para uma determinada URL.
Veja a imagem abaixo com os links para o meu artigo sobre planilhas financeiras:
ahrefs-forum-investimento
Perceba que há 30 backlinks do site guiainvest.com.br e 29 do infomoney.com.br.
Ambos são fóruns sobre investimentos que tenho uma participação e divulguei meu artigo para a comunidade.
São links valiosos e fáceis de conseguir, já que existem muitos fóruns abertos e que você pode divulgar seu conteúdo livremente.
Entretanto, cuidado para não se tornar aquele cara chato que só aparece para falar bem de si mesmo.
Interaja nem que seja um pouco com os usuários, deixe algumas dicas e ao invés de simplesmente colocar um link para seu artigo, mostre também um pouco de dentro do artigo, para eles já lerem uma parte ali mesmo no fórum e se sentirem incentivados a clicar no seu link.

PASSO #8. BÔNUS: COMO EXPLORAR ARTIGOS COM SUPER TRÁFEGO

Para fechar o artigo com chave de ouro, coloquei um tópico bônus para você.
Afinal, quem não gosta de receber um presente?
Os bônus são uma forma de surpreender o seu leitor e você pode fazer facilmente isso com um artigo em formato de lista. :)
O Bônus, ou o passo #8 é para quem já possui uma grande visitação nesses super artigos.
Como o meu artigo é sobre planilhas financeiras, o objetivo principal do leitor é baixar as planilhas e utilizá-las.
Essa é a primeira imagem que ele vê ao baixar as planilhas (tirando meus comentários, claro)
call-to-action-planilha
O foco da primeira aba da planilha é mostrar para o leitor que ele pode receber um minicurso sobre investimentos grátis.
Se esse leitor gostar da planilha, ele provavelmente clicará nesse botão e cadastrará seu email para receber o minicurso grátis.
Acha que estou falando besteira e não acredita no potencial de visitas através de planilhas?
Veja a “miragem” abaixo:
google-analytics-planilhas
Sim, 1.000 visitas apenas no mês de março/2013 vindas de PLANILHAS.
Parece loucura não é mesmo?
E são visitas extremamente valiosas porque caem diretamente na página que incentiva o cadastro de email para o minicurso grátis.
Tudo isso porque eu decidi colocar essa página inicial com uma call to action para a página do minicurso.
Perceba como é interessante criar um artigo FODA, memorável.
Desse modo, você pode aproveitá-lo melhor quando tiver uma alta visitação, convertendo mais emails para sua lista.
Veja em detalhes a visitação de cada planilha abaixo:
google-analytics-planilhas-detalhe
Talvez, você esteja se perguntando:
“Por que o Henrique decidiu capturar emails como seu principal objetivo desse artigo?”
Mateira: viverdeblogger

Tags:
Como gerar mais tráfegos nos seu site
Conquistando mais trafego
Seu site movimentado
Palavras certas para sites e bloggers